Edit

O eletrocardiograma exerce papel fundamental neste contexto. Vamos dizer que ele reflete o mapa da atividade elétrica do coração. Com base neste conceito, já se sabe quais derivações registram atividade elétrica de “partes" do coração. Ou seja, na prática é como se cada derivação tirasse uma foto em um determinado ângulo do coração. Desta forma tem-se a cada 30º sempre uma derivação registrando tudo que acontece no coração. E desta forma, tem-se uma cobertura de 360º.


ASSISTA ESTA VÍDEO AULA.



%23COMO%20SABER%20A%20LOCALIZA%C7%C3O%20DO%20INFARTO%0A@%28Postach.io%29%0A%0A%3E%20O%20eletrocardiograma%20exerce%20papel%20fundamental%20neste%20contexto.%20Vamos%20dizer%20que%20ele%20reflete%20o%20*mapa*%20da%20atividade%20el%E9trica%20do%20cora%E7%E3o.%20Com%20base%20neste%20conceito%2C%20j%E1%20se%20sabe%20quais%20deriva%E7%F5es%20registram%20atividade%20el%E9trica%20de%20%22partes%22%20do%20cora%E7%E3o.%20Ou%20seja%2C%20na%20pr%E1tica%20%E9%20como%20se%20cada%20deriva%E7%E3o%20tirasse%20uma%20foto%20em%20um%20determinado%20%E2ngulo%20do%20cora%E7%E3o.%20Desta%20forma%20tem-se%20a%20cada%2030%BA%20sempre%20uma%20deriva%E7%E3o%20registrando%20tudo%20que%20acontece%20no%20cora%E7%E3o.%20E%20desta%20forma%2C%20tem-se%20uma%20cobertura%20de%20360%BA.%0A%0A-------------%0AASSISTA%20ESTA%20V%CDDEO%20AULA.%0A%0A